B I B L I O T E C A ± T Z I K I . N E T
T I T U L O :
Disse‑me Um Adivinho
A U T O R :
Tiziano Terzani
E D I T O R A :
Tinta da China
G É N E R O:
Viagens, Memórias
P Á G I N A S :
600
L I N G U A :
Viagens, Memórias
E T I Q U E T A S :
Memórias, Viagens, China, Ásia, Indonésia, Laos
S I N Ó P S E :
«Disse‑me Um Adivinho foi o livro com que Tiziano Terzani se reinventou. Depois de décadas a cobrir inúmeras guerras, tragédias e desgraças a Oriente, o escritor tomou o lugar do repórter. Terzani, voluntariamente impedido de viajar de avião durante um ano, restitui‑nos um mundo infinitamente mais complexo do que o de uma modernidade em que nos deslocamos a grande velocidade, pensamos com enorme rapidez e morremos velozmente. Durante um ano percorreu o Extremo Oriente por terra, lentamente, em busca de um tempo perdido, numa viagem de sentido duplo: aquele que correspondia ao trajecto geográfico, ligando os pontos de um mapa, e o que o fez levar a cabo um percurso íntimo e de autodescoberta. Numa viagem assim, quem chega nunca é quem partiu.» — Carlos Vaz Marques