B I B L I O T E C A ± T Z I K I . N E T
T I T U L O :
Os Homens Esquecidos de Deus
A U T O R :
Albert Cossery
E D I T O R A :
Antígona
G É N E R O:
Ficção
P Á G I N A S :
152
L I N G U A :
Ficção
E T I Q U E T A S :
Médio Oriente, Sociedade, Pobreza
S I N Ó P S E :
Com a publicação de Uma Ambição no Deserto, a Antígona completará a edição de toda a obra de Albert Cossery, ou seja, os oito títulos que produziu ao longo de aproximadamente 60 anos de intensa observação do mundo: uma linha por semana, um livro de oito em oito anos marcando o seu ritmo enquanto escritor. «Não fazer nada é uma actividade interior; não é preguiça é reflexão.» Os Homens Esquecidos de Deus, primeiro livro de Cossery, foi publicado no Cairo em 1927 e traduzido para várias línguas. Neste conjunto de cinco histórias desenham-se já os temas predilectos que este autor viria depois a desenvolver: o olhar insólito sobre o poder, o despojamento, o ódio ao trabalho, a militância, etc. Ridicularizando os políticos e os poderosos do mundo através do riso das suas personagens, Cossery abre já caminho para o verdadeiro lugar do escritor do século XXI, negação radical do pior que o século XX ofereceu aos homens e mulheres do seu tempo.