B I B L I O T E C A ± T Z I K I . N E T
T I T U L O :
A invenção da Natureza
A U T O R :
Andrea Wulf
E D I T O R A :
Temas e Debates
G É N E R O:
Biografia, Ensaio
P Á G I N A S :
None
L I N G U A :
Biografia, Ensaio
E T I Q U E T A S :
Biografia, Natureza, Biologia
S I N Ó P S E :
As aventuras de Alexander von Humboldt, o herói esquecido da ciência. Alexander von Humboldt (1769-1859) é o grande cientista esquecido. Deu nome a mais coisas do que qualquer outro: cidades, rios, cordilheiras montanhosas, uma corrente oceânica, um pinguim, uma lula gigante e até o Mare Humboldtianum na Lua. As suas andanças singulares parecem extraídas de um livro de aventuras: Humboldt penetrou na floresta tropical, subiu aos vulcões mais altos do mundo e inspirou príncipes e presidentes, cientistas e poetas. Napoleão invejava-o; a revolução de Simão Bolívar foi alimentada pelas suas ideias; Darwin zarpou a bordo do Beagle por causa dele; e o Capitão Nemo de Júlio Verne tinha lido todos os livros de Humboldt. Ele era simplesmente, como disse um contemporâneo, «o maior homem desde o Dilúvio». Levando-nos numa fantástica viagem na peugada de Humboldt, Andrea Wulf demonstra porque a sua vida e as suas ideias continuam a ser tão importantes ainda hoje. Ele queria conhecer e compreender tudo, e a sua maneira de pensar era tão avançada para o seu tempo que só agora é compreendida. Alexander von Humboldt inventou realmente a maneira como vemos a natureza.